Wednesday, October 07, 2009

A vida é tão curta e tão frágil...





Se tivéssemos consciência do quanto ela é passageira, pensaríamos melhor antes de jogar fora as oportunidades de ser feliz.

Quantas vezes ficamos tristes com fatos sem tanta importância?

Perdemos um tempo precioso remoendo mágoas e amargando dores

Calamos quando deveríamos falar, e falamos sem pensar em vez de aprender com as vantagens do silêncio

Quantas vezes deixamos de aproveitar carinhos sinceros, abraços apertados, sorrisos espontâneos e amores verdadeiros?

Quantas vezes deixamos de dizer que amamos alguém por achar que o outro já sabe o que sentimos?

Nos esquecemos de que o que separa e aflige nossos corações não é uma eventual distância, mas a indiferença?

Quantas vezes nos acostumamos com as pessoas do nosso convívio e passamos a não notá-las?

Assim, passamos pela vida sem vivê-la por inteiro. Então, está mais do que na hora de mudar.
Pare de dar aos problemas um peso ainda maior.
Busque o caminho da luz. Que seu dia seja iluminado pela luz divina.



O segredo é não correr atrás das borboletas...É cuidar do jardim para que elas venham até você.(Mario Quintana)

No comments:

Post a Comment