Monday, January 31, 2011

o cavalinho e a borboleta


Esta é a história de duas criaturas que viviam numa floresta distante, há muitos anos atrás.

Eram elas, um cavalinho e uma borboleta.

Na verdade, não tinham praticamente nada em comum, mas em certo momento de suas vidas se aproximaram e criaram um elo.

A borboleta era livre, voava por todos os cantos da floresta enfeitando a paisagem.

Já o cavalinho, tinha grandes limitações, não era bicho solto que pudesse viver entregue à natureza.

Nele, certa vez, foi colocado um cabresto por alguém que visitou a floresta e a partir daí sua liberdade foi cerceada.

A borboleta, no entanto, embora tivesse a amizade de muitos outros animais e a liberdade de voar por toda a floresta, gostava de fazer companhia ao cavalinho, agradava-lhe ficar ao seu lado e não era por pena, era por companheirismo, afeição, dedicação e carinho.

Assim, todos os dias, ia visitá-lo e lá chegando levava sempre um coice, depois então um sorriso.

Entre um e outro ela optava por esquecer o coice e guardar dentro do seu coração o sorriso.

Sempre o cavalinho insistia com a borboleta que lhe ajudasse a carregar o seu cabresto por causa do seu enorme peso.

Ela, muito carinhosamente, tentava de todas as formas ajudá-lo, mas isso nem sempre era possível por ser ela uma criaturinha tão frágil.

Os anos se passaram e numa manhã de verão a borboleta não apareceu para visitar o seu companheiro.

Ele nem percebeu, preocupado que ainda estava em se livrar do cabresto.

E vieram outras manhãs e mais outras e outras, até que chegou o inverno e o cavalinho sentiu-se só e finalmente percebeu a ausência da borboleta.

Resolveu então sair do seu canto e procurar por ela.

Caminhou por toda a floresta a observar cada cantinho onde ela poderia ter se escondido e não a encontrou.

Cansado se deitou embaixo de uma árvore.

Logo em seguida um elefante se aproximou e lhe perguntou quem era ele e o que fazia por ali.

- Eu sou o cavalinho do cabresto e estou a procura de uma borboleta que sumiu.

- Ah, é você então o famoso cavalinho? - Famoso, eu? - É que eu tive uma grande amiga que me disse que também era sua amiga e falava muito bem de você.

Mas afinal, qual borboleta que você está procurando? - É uma borboleta colorida, alegre, que sobrevoa a floresta todos os dias visitando todos os animais amigos.

- Nossa, mas era justamente dela que eu estava falando.

Não ficou sabendo? Ela morreu e já faz muito tempo.

- Morreu? Como foi isso? - Dizem que ela conhecia, aqui na floresta, um cavalinho, assim como você e todos os dias quando ela ia visitá-lo, ele dava-lhe um coice.

Ela sempre voltava com marcas horríveis e todos perguntavam a ela quem havia feito aquilo, mas ela jamais contou a ninguém.

Insistíamos muito para saber quem era o autor daquela malvadeza e ela respondia que só ia falar das visitas boas que tinha feito naquela manhã e era aí que ela falava com a maior alegria de você.

Nesse momento o cavalinho já estava derramando muitas lágrimas de tristeza e de arrependimento.

- Não chore meu amigo, sei o quanto você deve estar sofrendo.

Ela sempre me disse que você era um grande amigo, mas entenda, foram tantos os coices que ela recebeu desse outro cavalinho,
que ela acabou perdendo as asinhas, depois ficou muito doente, triste e sucumbiu e morreu.

- E ela não mandou me chamar nos seus últimos dias? - Não, todos os animais da floresta quiseram lhe avisar, mas ela disse o seguinte:
"Não perturbem meu amigo com coisas pequenas, ele tem um grande problema que eu nunca pude ajudá-lo a resolver.

Carrega no seu dorso um cabresto, então será cansativo demais pra ele vir até aqui."

Sunday, January 30, 2011



HOJE PELA MANHA...depois de um sonho nada agradavel e noite...incomoda....ACORDEI com o passarinho caido no chão em frente a porta...olhinhos fechando...sem poder voar...peguei correndo na tentativa de salva-lo, levei ate a torneira da cozinha e deixei a agua escorrer bem levinho sobre o bico do passarinho...mas nada dele beber...insisti um pouco mais...e nada...segurei firme mas sem apertar muito, e aos poucos bebeu um pouco de agua...fiquei com medo dele cair no chão e o billy ve-lo!
ia ser ciumes na certa...ainda nem tomei cafe...
olha o biquinho dele ainda semi aberto..fui ate a varanda dos fundos...pra ver se fora de casa ele reagia...querendo levantar voo...mas o olhinho insistia em fechar...como se fosse despedida...sem volta...

a minha certeza era que ele precisou de ajuda....e se eu nao tivesse visto antes do billy, sera que estaria vivo?? mesmo ele querendo só brincar?
temos o habito de orar pelas pessoas doentes...pelas causas a nós quase impossiveis...
e assim eu fiz...pedi ao Pai que mudasse o destino do passarinho...que ele pudesse voltar a voar...saudavel....que esse era meu Desejo...pela Vida!
voces se lembram do ninho? depois das intensas tempestades, ele nunca mais voltou ao ninho...estava um silencio..pensei "morreu" ....e isso faz mais de 1 semana..
eu não sei se era o mesmo passarinho...que tinha feito o ninho...
mas com certeza eu aprendo muito com as coisas simples da vida...
o resto as vezes deixa de ter tanto valor...quando nos vemos como 1 peça importante, por um segundo na vida de um serzinho especial...da natureza!

coloquei o passarinho no ninho que esteve abandonado...afinal ele ja conseguia segurar com as suas garrinhas...e eu não poderia ficar segurando o dia todo...e fechei a porta de vidro , para não termos acidentes com peninhas...voando pra todo lado...(eu nao ia me perdoar se visse ele todinho na boca do billy...)rs


pronto passado umas horinhas fui conferir e lá na arvore do quintal..tem muitos passarinhos cantando...mas de outros tamanhos...e o bunitinho sumiu do ninho...procurei pelo chão...e espero que ele esteja la cantando e bem recuperado seja lá do que tinha sido!

voce acredita no poder da oração???

Deus Pai todo Poderoso...obrigado por tudo! [red]amem!
SÓ TEM VALOR NESTA VIDA, AQUILO QUE É ÚTIL...SE FORMOS UTEIS DE ALGUMA FORMA...COISAS SIMPLES...DA VIDA!

sonho que se sonha só!


só que se sonha só...kkkkkkkkkkkk é uma delicia...
este foi assado...kkkkkkkk gigantesco...


ai depois ainda sonho que se sonha só pode vir acompanhado...por tortinha de morango!

tem dias que parece que Deus fala diferente...



apresento o passarinho...ou a passarinha!


hoje amanheceu caido em frente a porta de casa...
ainda nao descobri como o billy nao brincou com ele...deve ter se chocado com a porta de vidro...